Ajude a atualizar esta página

🌏

Há uma nova versão desta página mas, no momento, ela está apenas em inglês. Ajude-nos a traduzir a última versão.

A integração

  • Eventualmente, a principal rede atual da Ethereum se "integrará" ao sistema de prova de participação.
  • Isso marcará o fim da prova de trabalho para Ethereum e a transição completa para a prova de participação.
  • Essa mudança está prevista para depois da implementação das cadeias de fragmentos.
  • Antes, era chamada de "atracagem".

Última atualização da página: 8 de janeiro de 2022

Quando estará disponível?

~Q2 2022

Essa melhoria representa a mudança oficial para o consenso da prova de participação. Ela elimina a necessidade de minerar com intenso consumo de energia e protege a rede usando o ether aplicado. Um passo verdadeiramente empolgante para concretizar a visão do Eth2 de mais dimensionamento, segurança e sustentabilidade.

De que se trata a integração?

É importante lembrar que, inicialmente, a Beacon Chain é implementada separadamente da Rede principal, a cadeia que usamos hoje. A Rede principal da Ethereum continua a ser protegida pela proof-of-work, mesmo enquanto a Beacon Chain funciona em paralelo usando proof-of-stake. A integração é quando estes dois sistemas finalmente se unem.

Imagine que Ethereum é uma espaçonave que ainda não está pronta para uma viagem interestelar. Com a Beacon Chain, a comunidade desenvolveu um novo mecanismo muito mais sólido. Quando for a hora, ocorrerá a integração desses dois sistemas, dando surgimento a um novo sistema que estará totalmente preparado para o futuro.

Integração com a rede principal

Quando for o momento, a Rede principal Ethereum se "integrará" com a Beacon Chain, tornando-se seu próprio fragmento que usa prova de participação (proof-of-stake) em vez de prova de trabalho (proof-of-work).

A rede principal trará, além da capacidade de executar contratos inteligentes no sistema de prova de participação (proof-of-stake), o histórico completo e o estado atual da Ethereum, para garantir que a transição seja fácil para todos os detentores e usuários de ETH.

Depois da integração

Isto sinalizará o fim da prova de trabalho para Ethereum e iniciará a era de uma Ethereum mais sustentável e amigável com o meio ambiente. A Ethereum estará, então, a um passo de alcançar toda a escala, segurança e sustentabilidade definidas na sua visão da Eth2.

É importante salientar que a simplicidade é um dos objetivos de implementação da integração, para acelerar a transição da prova de trabalho para a prova de participação. Os desenvolvedores estão focando seus esforços nesta transição e minimizando recursos adicionais que poderiam atrasar esse objetivo.

Isso significa que alguns recursos, como a capacidade de retirar o ETH aplicado, terão que esperar um pouco mais após a conclusão da integração. Os planos incluem um processo de "limpeza" depois da melhoria para lidar com esses recursos, algo que deve acontecer logo após a conclusão da fusão.

Relação entre as melhorias

Todas as melhorias da Eth2 estão de alguma forma interligadas. Então vamos recapitular como a integração se relaciona com as outras melhorias.

A integração e a Beacon Chain

Depois da integração, será feita a atribuição de participantes (stakers) para validar a rede principal do Ethereum. A mineração não será mais necessária e, portanto, os mineradores provavelmente investirão os seus ganhos para participar do novo sistema de prova de participação (proof-of-stake).

A Beacon Chain

A integração e a limpeza depois da integração

Alguns recursos, como a retirada do ETH aplicado, ainda não serão suportados imediatamente após a integração. Estes recursos serão tratados em uma outra melhoria, que acontecerá pouco tempo depois da integração.

Mantenha-se atualizado com o Blog de pesquisa e desenvolvimento EF. Para aqueles que querem sabe mais, assista ao vídeo What Happens After the Merge, apresentado por Vitalik no evento ETHGlobal de abril de 2021.

A integração e os cadeias de fragmentos

No início, o plano era trabalhar em cadeias de fragmentos antes da integração – para atender a questões de dimensionamento. No entanto, com o boom de soluções de dimensionamento da camada 2, a prioridade passou a ser a troca de prova de trabalho pela prova de participação por meio da integração.

Essa será uma avaliação contínua da comunidade quanto à necessidade de rodadas potencialmente múltiplas de cadeias de fragmentos para permitir dimensionamento permanente.

Cadeias de fragmentos